Cerimonial de Casamento

Cerimonial de Casamento

Cerimonial de Casamento

Cerimonial de Casamento


Organizar um casamento não é tarefa fácil. São muitos detalhes: local, buffet, vestido, convites, foto, filmagem, prazos a cumprir, orçamentos... Tudo isso com o nervosismo e ansiedade que são comuns aos noivos nos dias que antecedem o tão esperado momento. Apesar da participação dos noivos na organização do casamento ter aumentado nos últimos anos, ainda é a noiva quem centraliza a maior parte das atividades. Nesse momento, surgem dúvidas e a correria fica intensa. Então, que tal um profissional para ajudar nisso tudo? É o cerimonialista que pode tranquilizar e auxiliar os noivos em tudo, atuando como um verdadeiro anjo da guarda. Assim, nas próximas páginas você vai entender melhor o trabalho deste profissional, conhecer um pouquinho da história do cerimonial e ver como ele é organizado até hoje.

Além de ajudar os noivos em cada etapa de preparação, a cerimonialista é a responsável por definir e orientar todos os convidados no cerimonial, que nada mais é que o protocolo da cerimônia e da festa.

 



O papel do Cerimonial

 

O casamento se caracteriza pela sequência de acontecimentos, desde a entrada na igreja, a disposição no altar, a recepção na festa, a primeira dança, o serviço de buffet, a música, até a festa acabar.

Assim, o cerimonialista é o profissional que organiza tudo isso, fazendo com que todos trabalhem harmoniosamente no momento do casamento. Tudo para manter a tranquilidade dos noivos e dos familiares.

O trabalho do cerimonialista, então, consiste no planejamento, organização, execução e gestão de todo casamento e isto não começa no dia da festa. Geralmente, estes profissionais começam a participar do casamento um ano e meio antes do dia D. Para entender melhor, vamos dividir a organização em etapas e mostrar a atuação do profissional em cada uma delas.

Nos Preparativos

 

O trabalho do cerimonialista começa com uma entrevista com os noivos, para identificar o perfil, o estilo, os desejos e anseios do casal para com o casamento.

Conhecer bem os noivos é fundamental, pois se ocorrer algum imprevisto no dia do casamento, a cerimonialista deve estar preparada para soluciona-lo, tendo como linha de raciocínio as Ideias do casal. Aí começam as perguntas das cerimonialistas e decisões dos noivos. Cada uma em sua vez.

 

Religiosa e Civil

 

Sua cerimônia será religiosa ou apenas civil?
Se for religiosa, onde será a cerimônia?
Quem fará a celebração, alguém especial?
Se for civil, ocorrerá antes da festa e no mesmo local?
Os noivos farão seus próprios votos de casamento ou usarão preces, salmos, citações?
Qual será o horário da cerimônia e da festa?
O local e o horário da cerimônia interferem na escolha da decoração e de outros fatores, como o vestuário dos noivos e o cardápio da festa.

Padrinhos e Madrinhas

 

Acertado o local e o tipo de cerimônia, agora é preciso decidir quem e quantos serão padrinhos e madrinhas.


Para o número de padrinhos, é preciso pensar no espaço disponível no local em que a cerimônia será realizada. Se o espaço for pequeno, considere um número menor de padrinhos. Algumas igrejas estabelecem a quantidade máxima de padrinhos que poderão ser posicionados no altar. Então, é bom perguntar à cerimonialista se ela conhece o local ou informar-se das limitações.

Será preciso um convite formal para os padrinhos e madrinhas?

Não há regra para convidar os padrinhos, então, opte pela opção mais adequada ao estilo dos convidados. E tem de tudo quando se trata de convite para padrinhos, dos mais exóticos aos mais tradicionais.

 

Damas, Pajens e Outros

 

Hora de escolher quem será a dama de honra e o pajem e convidá-los. Outro ponto importante a definir é quem entrará com a noiva e com o noivo, caso a opção tradicional de mãe ou pai não seja possível.

 

 

Decoração

O próximo passo é pensar na decoração.

Como ela envolve todos os momentos, deve ser harmoniosa e integrada. Então, pense primeiro no estilo da festa e que tipo de decoração você gostaria. Depois, vamos lá a mais perguntas das cerimonialistas:

Qual será o tom do cerimonial? Formal, informal, alegre, solene...

Quais as cores principais? Elas irão te ajudar nestas definições, de acordo com o perfil dos noivos e também horário e local da cerimônia e recepção.

Cores são importantes e devem ser definidas logo, porque serão usadas como base para outras decisões: como, por exemplo, as flores do buque e da lapela do noivo.

As cores também podem ser usadas para padronizar a vestimenta de todos envolvidos no cerimonial, inclusive os padrinhos e pajens.

A partir da definição de cores, siga pensando:

Como será o vestido da noiva? E o traje do noivo?

Qual a cor e tecido dos vestidos das madrinhas? Modelo único para todas ou é de livre escolha?

Como os padrinhos vão se vestir?

E a roupa da dama de honra e do pajem?

Quais serão as flores usadas na decoração?

 

Buffet, Bolo e Docess

 

O cardápio do buffet, o bolo e os doces devem agradar ao paladar dos noivos, mas também deve ser pensado para os convidados.

Importante provar as opções e escolher pela melhor combinação de sabores e pratos.

Nesta etapa também se inclui a escolha dos serviços de garçons e copeira. Fundamental que a empresa contrata da tenha experiência em casamentos, pois ninguém quer seus convidados mal atendidos. Nisto a cerimonialista já tem ampla experiência.

 

DJ, Banda e Orquestra

 

Para entrada da cerimônia e para agitar a festa na recepção, é fundamental escolher um bom DJ, Banda ou Orquestra, dependendo do estilo que os noivos desejam.

O DJ é a escolha de quem quer ter balada no casamento e a banda é para superproduções. A orquestra é a opção de quem prefere algo mais clássico, sem perder a dinamicidade.

Após escolher o estilo, pense: qual música será tocada na entrada da noiva, do noivo, dos padrinhos e pajens?

Na saída da igreja?

Na entrada da recepção?

Terá a primeira dança?

E assim seguem as definições. Difícil, não é? Para tudo você terá a cerimonialista para te ajudar a decidir.

 

Detalhes

 

O último passo no planejamento do casamento é fechar os detalhes e demais itens. Isso inclui: chuva de arroz; buquê da noiva; lembrancinhas; detalhes de equipamentos e serviços, etc.

 

Profissionais

 

Em cada etapa do planejamento e organização, a cerimonialista poderá ajudar na indicação de profissionais que se enquadram no perfil e orçamento do casal.

Neste ponto é importante a indicação ou o conhecimento das empresas fornecedoras de outros casamentos que você tenha participado, ou a ajuda profissional para conhecer a credibilidade e ajudar na negociação dos serviços, especialmente analisando os contratos, visando incluir todas as cláusulas importantes.

Além disso, a cerimonialista irá administrar o cronograma para que todos os itens sejam resolvidos dentro do prazo certo e fazer a ligação entre os fornecedores, pois nem todos os fornecedores se conhecem.

 

No Dia do Casamento

 

A cerimonialista está super ativa no dia do casamento. Ela é a responsável por orientar a cerimônia religiosa ou civil e também acompanhar a montagem da festa, certificando-se de que tudo está da forma como foi contratado e no prazo estipulado. Ela ainda garante que todos os profissionais tenham boas condições para realizar seu trabalho, evitando problemas técnicos.

A cerimonialista resolverá eventuais problemas sem comunicar os noivos e familiares, tudo para deixar todos tranquilos no dia do casamento

 

 

Pós Casamento

 

A cerimonialista organiza o fim da festa, verificando quem leva o que, conferindo peças quebradas e faltantes juntos aos fornecedores, verificando pendências, entre todos os procedimentos finais.

 

 

Compartilhar:

Comments